Carregando Conteúdo
x
WhatsApp (55) 3199941 4532
Brasil Itália

Dicas e Ideias

4.0 - Dott.ssa TERESA ARCELLONI

DSC_0781(2).JPG

 

Sobre a  colega italiana,  a Psiquiatra, Psicoterapeuta Sistêmica e

formadora do Centro Milanese di Terapia della Famiglia 

 

 Dott.ssa Teresa Arcelloni

 

Conheci o trabalho da Dra.Teresa Arcelloni em 2012 e  passamos a nos corresponder e a trocar informações sobre vários estudos sistêmicos.

Entendemos então que havíamos  pontos de vista e estudos em comum.

Ela estudou e trabalhou diretamente com Gianfranco Cecchin e Luigi Boscolo, no Centro Milanese di Terapia della Famiglia. 

E eu tive o privilégio de participar de alguns cursos e workshops com Dr. Luigi Boscolo, tanto no Brasil, como na Italia. 

Então conversando sobre o tema genograma - ela me apresentou o seu estudo sobre o DUOGRAMA. 

Para ela, o duograma, analogicamente ao genograma, indica a narração e a representação gráfica das histórias de relações afetivas de uma pessoa.

O duograma compreende as relações sentimentais significativas durante toda a sua vida, desde quando era criança e das quais tem na memória,

aquelas vividas na adolescência e na fase adulta. 

Compreende também todas as histórias desejadas, fantasiadas e nunca realizadas.

Este seu trabalho do duograma faz parte também da formação da pessoa do Terapeuta Sistêmico, nos cursos que coordena. 

Dra. Teresa Arcelloni  aborda a vida afetiva das pessoas através do duograma  e a sexualidade de casais de uma forma até então inédita para os 

psicoterapeutas sistêmicos brasileiros. 

Então ganhei de presente o livro que ela traduziu do alemão para o italiano,  de um de seus mestres -  Dr. Ulrich Clement e me encantei pelos estudos

da Terapia Sexual Sistêmica. 

Neste livro muitas questões são levantadas:

  •  Por que a paixão erótica enfraquece entre casais afinados e carinhosos?
  • Como podem relações amorosas de longa duração sair da paralisia sexual?
  • O desejo sexual, pontua os terapeutas sexuais sistêmicos, nasce da diferença!
  • "Quando jogamos fora uma parte do self,  fica o denominador mínimo comum sexual, que impede uma vida passional erótica. A terapia sexual é para fazer renascer as diferenças. Estar um de frente ao outro como pessoas novas. 
  • Recursos na terapia sexual : promover a diferença; promover a diversidade, o conflito, a ansiedade.

 

Em abril de 2013 pude participar junto com ela do seminário organizado pelo Centro Milanese di Terapia della Famiglia, em Milão - LA SISTÊMICA E IL FUTURO. Evento este que reuniu representantes de três escolas pioneiras da Terapia Sistêmica:Mental Research Institute  - Palo Alto - California USA; Ackerman Institute for the Family - New York  - USA; Centro Milanese di Terapia della Famiglia - Milano - Italia. 

Foi um dia muito emocionante, encontrando com mestres queridos, como a esposa do fundador do Centro Milanese, a carissima Dott.ssa Jacqueline Boscolo. 

 

310813_534443416593931_911786742_n.jpg310813_534443409927265_1094961425_n.jpg532319_534443919927214_372968728_n.jpg532319_534443933260546_1114808969_n.jpg

 

Além do trabalho como Psiquiatra e Psicoterapeuta Sexual Sistêmico, Dra. Teresa  Arcelloni é professora e formadora do Centro Milanese di Terapia della Famiglia , também ministra seminários  na Itália, Alemanha, Chile,  México.  

Assim, finalmente realizo o desejo de tê-la aqui em Belo Horizonte e assim posso compartilhar com  mais pessoas  sobre  esta interessante abordagem relacional sistêmica nas questões do sexo e da sexualidade.

 

Jaqueline Cássia de Oliveira

Psicoterapeuta Sistêmica

CRP- 04/7521