Carregando Conteúdo
x
WhatsApp (55) 3199941 4532
Brasil Itália

Dicas e Ideias

3.0 - FAMÍLIA É PRATO DIFÍCIL DE PREPARAR

penna-1961pranzo-della-domenica-642x504.

 

Família é prato difícil de preparar.

São muitos ingredientes.

Reunir todos é um problema...

Principalmente no Natal!

Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência.

Não é  para qualquer um.

Às vezes, dá até vontade de desistir...

Preferimos o desconforto do estômago vazio.

 

Mas a vida... sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite.

O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares.

 

Súbito, feito milagre, a família está servida.

 

Fulano saiu o mais inteligente de todos.

Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade.

Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo.

Esse, o mais generoso, farto,abundante.

Aquele, o que surpreendeu e foi morar longe.

Ela, a mais apaixonada.

A outra, a mais batalhadora de todas...

 

Já estão aí? Todos? Ótimo!

Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados.

Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola.

Não se envergonhe de chorar.

Família é prato que emociona.

E a gente chora mesmo.

De alegria, de raiva ou de tristeza.

 

Primeiro cuidado: com os pesos e as medidas.

Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto: é um verdadeiro desastre.

Família é prato extremamente sensível.

Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido.

 

Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional.

Principalmente na hora que se decide meter a colher.

Saber meter a colher é verdadeira arte.

As vezes o ídolo da família, o bonzinho, o bola cheia que sempre ajudou, azedou a comida só porque meteu a colher.

 

O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita.

Bobagem! Tudo ilusão!

Família é afinidade, é à Moda da Casa.

E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.

Há famílias doces.

Outras, meio amargas.

Outras apimentadíssimas.

Há também as que não têm gosto de nada, seria assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha.

 

Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo.

Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Enfim, receita de família não se copia se inventa.

A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia.

 

Por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer.

Se puder saborear, saboreie.

Não ligue para etiquetas.

Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.

Aproveite ao máximo.

Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete!

 

Família: Feliz quem tem e sabe curtir, aproveitar e valorizar...

Família: projeto de Deus

Portanto: Amem-se, Perdoem-se, Aceitem-se, Tolerem-se e vivam como

se hoje fosse o último dia que você vai estar com a sua família!

Família privilégio pra quem a tem!

 

Trechos do livro: "O Arroz de Palma" de Francisco Azevedo

 

 

A  PSICOGENEALOGIA SISTÊMICA APLICADA®

 

  • A Psicogenealogia é um tema relativamente novo e a psicóloga e psicoterapeuta Jaqueline Cássia de Oliveira é uma das pioneiras desses estudos e trabalhos no Brasil.
  • Sobre o tema, elaborou os materiais didáticos: Psicogenealogia Sistêmica® - O romance familiar contado pelo genograma  (com mais de 1.000 leitores) e Quem são os antepassados? (2018), pela Interação Sistêmica Edições. 
  • Traduziu e apresentou o livro: Jung, Psicogenealogia e Constelações Familiares© de Maura Saita Ravizza, pela Interação Sistêmica Edições.
  • Apresentou o livro  Psicogenealogia: Um Novo Olhar na Transmissão da Memória Familiar, de sua colega e pioneira, Monica da Silva Justino. 
  • De 2011 a 2016, junto à Interação Sistêmica®, organizou e ministrou cursos e workshops sobre o tema transgeracionalidade e  Psicogenealogia Sistêmica®, reunindo mais de 700 profissionais, entre psicólogos, psicoterapeuta sistêmicos e consteladores familiares de diversas regiões do Brasil.
  • Nomeou seus estudos e trabalhos sobre transgeracionalidade (dentro da visão da Psicogenealogia, da Terapia Familiar Sistêmica e da Psicologia Arquetípica e Imaginal) como Psicogenealogia Sistêmica Aplicada®
  • Fez sua formação em Psicogenealogia através de cursos e estudos do seu genossociograma na Itália e  Argentina  com  importantes professores e teóricos. 

  • Conheça seu currículo clicando no link: http://www.interacaosistemica.com.br/quem-somos

 

Assine  nosso canal do YouTube! 

https://www.youtube.com/user/Interacaosistemica

 

                    

 

 

 À venda livros e materiais didáticos em nossa loja virtual.

12745957_982592095144673_881944439936189